Pesquisar neste blogue

domingo, 27 de setembro de 2015

Suínos

Acidente no Rodo Anel
Não, meu coração grita nãoooooo, as lágrimas escorrem , a mais de 20 anos não os como mais, quando criança ao visitar meus avós no sitio, meu pai matava porquinhos, enfiava a faca na goela e eles gritavam muito, eu devia ter meus 4 anos e minha tia me retirou do local, ao ser questionada por minha mãe respondeu que eu tinha dó, então os pobrezinhos demoravam a morrer, na primeira infância já sofria pela perda da vida dos animais.

Meu marido comprou cães e nos abandonou, reproduziram-se e não comiam ração, eu ficava feito louca atraz de carnes mais baratas, pois eram mais de 10 cães para alimentar, numa dessas ocasiões quando fui guardar os ossos no frizer de meu local de trabalho, deparei-me com um bebe porco pelado que mais tarde seria assado no rolet, foi a gota d'agua, ali eu vi um defunto, ao termino do expediente fui embora correndo sem participar da festa e jamais os comi.

Imilio

video
Estava abandonado nas ruas, foi adotado e teve prole, não gostou de seus filhos e mudou-se para minha casa, se adotou, o coração não aguentou e o acolheu, era feliz e fazia o que queria, teve crise de urina presa, foi cuidado pelo veterinário e foram 60 dias de luta mas venceu e ainda ficou um longo tempo em minha companhia,visitava sua antiga casa, mas a velhice o alcançou e hoje acabou de partir e partiu meu coração, descanse em paz meu amorzinho...

*2006  + 20/09/2015