Pesquisar neste blogue

sábado, 31 de dezembro de 2016

Eternizar


Visita
Fio Preto veio me visitar, está lindão, renasceu e sobreviverá, se eternizará, fará parte da história do automobilismo.







Eternizou




Renovado





Restaurado





Inteiro
 
 



Garboso
 
 



Entranhas renovadas
 
 



Retornando ao novo lar
 
 



La vai ele


Foi uma vida de parceria, muitas estórias ai vividas, muitas que não deveriam ter sido e somente foram por ele, meu destino traçado da maneira não sonhada, foi a destinada, mas foi uma vida bem vivida, totalmente útil, me levava à boêmia, minha mãezinha onde precisava, a sobrinhada a passear, noites a tomar um Chopinho na praia e ao retornar encontrar o pai indo buscar pão, minha mudança a Cuiabá numa viagem espetacular e ao chegar saber que não deveria ter vindo, mas a tolice já estava feita, ficou então na mão do Sargento até o dia que senti que deveria tirar e assim foi feito e desfeito o matrimonio, então passou a levar cães as vacinas, ao veterinário, a vida seguindo, as dificuldades aparecendo, não encontrando mão de obra que o socorresse de forma adequada e assim foi se deteriorando.

Mas um grito dentro de mim disse não, então passei a procurar uma maneira de eterniza-lo, muitas foram as tentativas e sempre o coração dizia não, muitas foram as criticas, cheguei a doa-lo ao irmão, mas ele não o levou, chegou a hora de mudar de casa e não havia casa para ele, de volta ao antigo lar, até o universo encontrar a solução e na hora certa meu coração disse sim e se encontra cheio de alegria.

Seria bom se pudéssemos eternizar a vida, como não é possível tento eternizar as coisas e quando consigo é a gloria, vitória, meu Fio Preto ressuscitou e a ele e seu protetor o mais íntimo de meu ser implora ao universo que tome conta e faça toda a felicidade da família que com ele está.

domingo, 25 de dezembro de 2016

Mãe terra

Paraíso
Quando a caravana de Cabral aqui chegou
E se deparou com povos primitivos,
Acreditando ter chegado à Índia
Que é para onde se "dirigiam",


Vendo o cenário deslumbrante e o povo incauto,
Resolveu se apropriar das novas terras,
Dizimou a população existente,
Decidiu "evangelizar" os sobreviventes,  
Porém os escravizou para seu benefício,
Os mistérios do novo mundo não foram respeitados,
Nessas terras vivia um povo organizado,
Sem ter consciência de sua origem
os rotulou de selvagens,
Quiçá esse povo já era evoluído,
Já tinham aprendido que o planeta não suporta degradação,
O que vemos nos dias atuais,
Onde a vaidade impera, o consumismo desespera,
O fútil, o inútil se sobrepõe ao necessário,
O povo se alienando com a tecnologia,
Sem saber usá-la a seu favor,
Tudo destruindo,
Pobre planeta terra,
Onde esta nave ancorará,
A população se destruirá,
Mas ela seguirá,
Alheia a toda destruição,
e quem sabe um dia,
Vença a natureza exuberante,
Que os restantes saibam viver de jeito puro,
Respeitando o lar cedido pela grande criação...

domingo, 18 de dezembro de 2016

Imaginação

Altas esferas
Dar asas a imaginação,
Não tem ônus ao coração,
Sonhar é inócuo,
Te leva num voo rasante,



Ou em altas esferas,
e aos anjos,
Se reais ou não,
O que importa é a sensação,
Sendo formados na mente,
São grande chances de se
tornarem presente,
Então novos voos serão alçados,
Num renovar constante
A cada instante supremo...

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Mata

 

Vermelho
Essa mata  me encanta, com sons, odores, emergindo da mãe terra, abrigando a criação nativa.

 

Oasis 
Um belo passeio podendo admirar vegetação nativa, bem cuidada, servindo de habitat a pessoas incríveis.


Cipó 

sábado, 3 de dezembro de 2016

Vivencias

Conjecturas
Cada dia um passo, parece pouco, mas é um caminhar constante, as barreiras são tantas, eliminando uma a uma, a oposição e os contras então, nada importa, um passo e vamos indo, amanhã mais um, sem pressa, quando menos espera chega.

Ao chegar, basta saborear e continuar, amanhã outro sonho e vamos nós.

Correndo atrás dos sonhos, são tantos, em breve serão projetos, para a realização, um toque, apenas...

Evolução

Ao infinito
Evolui ou sucumbe,
É a lei,
Mente fechada, traz retrocesso,
Como vemos em nossos dias,



Prolifera a estagnação,
A falta de opção,
Tudo fica por conta do além,
É preciso ter alguém no comando,
Se não tem fica perdido,
Ou acham que quem não tem está perdido,
É só consumismo,
Ou consume ou está fora do páreo,
Ser indivíduo é ser egoísta,
O negócio é ser povão,
E vão na onda da estação,
Que triste situação,
Vamos evoluir meu povo,
Tomar conta de nosso destino,
Ou vem o desatino,
Ao final de cada estação,
O bolsão fica furado,
Compensação vem do financiado,
É assim que funciona,
Até ficar enforcado
Que triste situação,
Vamos evoluir meu povo...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Quem manda é o reu

Quem pode, pode
Tenho visto e vivido nesses dias que quem manda nos processos é o réu, ele pede a justiça o que quer sendo atendido, ele acusa com falsas provas e assim fica, mesmo  provado pela vítima que estão errados, continua a perseguição, indeferida Tutela Antecipada com acusações falsas, pedem audiência de conciliação quando nada tem a oferecer, apenas a acusar, a vítima que é culpada pelo seu infortúnio, protelam de toda maneira, enquanto isso a vitima tenta tomar decisões e acaba barrada pois o infortúnio das falsas provas continua, realmente a justiça parece cega, tudo parece apenas um circo onde no picadeiro, manda quem tem mais poder...

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Fio preto

(VENDIDO)Volkswagen Gol ano 83, LS 1.6, ignição eletrônica, dupla carburação, possui manual, doc. OK
R$ 5.000 – Cuiabá

Este carro me pertence desde 1984,está em boas condições, veio pra mim com 5.000 km, gostaria de vender para colecionador, aceita placa preta.



Te anunciei e chorei,
Copiosamente,
Você é o elo de uma vida passada,
Você é o elo que me transporta a um mundo perdido,
Perdido por ir em busca da felicidade a dois,
Perdido pela canalhice dos próximos,
Perdida me encontro por não encontrar quem lhe cuide como precisa,
A solução foi procurar de outra maneira,
A mão do destino fez sua obra e após o plantio a colheita foi produtiva,
Encontrou seu novo destino e
Ressuscitará, em breve desfilará seu garbo por ai.
Não estarei contigo, mas a satisfação será a mesma.
Missão cumprida...

Friso a Bia comeu


 
 
 
 
Não se adaptou a nova morada





De volta





 
 
 
Ao antigo lar
 




Entranhas expostas
 

  






domingo, 20 de novembro de 2016

Intenso


 Sonho
Tudo em mim é mais constante, mais intenso, as dores, os amores, as alegrias, as tristezas, as dificuldades da vida sinto com mais intensidade que a maioria dos mortais.

Também as vitórias, as glórias, se revestem de intensidade absoluta e perduram por prolongado tempo.



Sendo assim habituei-me a esperar com ansiedade mais intensa, mas o dia chega e como chega, demora mas chega e passa como chegou, deixando o novo tempo acontecer e saboreando cada segundo como único.

Suporto toda angustia por saber que um dia chega o alento e também o desalento, e também um dia tudo ficará na calmaria, como sonho de criança esperando pela maioridade...

Aracnidios


Aranha e sua teia
Este lindo aracnídeo fez morada em meu jardim, sua teia é encantadora, todos os dias o observo e encanto com a sabedoria da criação, um ser tão minúsculo com tamanha habilidade, vem a chuva, vem o sol, vem o vento, vem a noite, vem o dia e ele ali a tecer e eu a observar, tão inofensivo e majestoso e eu sem saber onde isso vai dar, por mim ficará para a eternidade...

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Abalo

Um dia

Abalada é como me encontro, abalada emocionalmente e fisicamente de tanto transtorno causado por foras da lei, minha conduta é ilibada e sou acusada de invasora, mesmo após ter provado que não sou, acusada de querer enriquecer ilicitamente as custas do erário público, quando é ele o meu agressor, por negligencia, por permitir o ilícito e jogar as consequências em meu lombo, que ja não aguenta mais receber porradas.

Acusa de todas as maneiras, mesmo com as provas diante de seu nariz, mesmo provado por profissional competente indicado pela tal justiça, que de tão lenta se torna injustiça, o que fazer, para onde correr, como resolver tudo isso, é  injustiça demais para qualquer cidadão suportar, quanto mais para minha insignificante figura, que é como eles me veem, forças terei de suportar ainda mais essa e lutar até o fim para que o que está torto seja tombado, sem dó nem piedade, que é o que fazem comigo, invasora de APP, eu que respeito e cuido da natureza como poucos.

Dói, dói, dói e o estrago feito e suas consequências não haverá reparação, o que destruíram destruído está, mas vai tombar, quer queiram ou não, pelas leis humanas ou siderais e forças temos que ajuntar desde já, pois os fora da lei espernearão e tentarão de todas as maneiras impedir que se restabeleça a ordem natural das coisas.

Socorro, me encontro perdida, desnorteada, uma vida de luta e não poder usufruir na paz do que é meu, conseguido com o suor de meu trabalho de uma vida...

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Vai e vem

Vai
Vem e vai,
Vai e vem,
O amor que tem
E o que não tem
Sonhos a cavalgar,
Rumo ao infinito,
Do possível e do impossível,








Vem
No espaço sideral
A flutuar no éter,
Se inebriar
E alcançar o sonho...

domingo, 28 de agosto de 2016

Andarilha

Andarilha
Sou andarilha e dai, tenho pernas para isso mesmo, gosto de andar, de caminhar, sempre foi assim não será agora que vou mudar.

Está no DNA.

Mamãe não gostava de roça e saiu da casa dos pais, foi morar no hotel e usou seu talento para sobreviver, virou a costureira do hotel.

Papai gostava de roça, seu pai o levou para a cidade grande e de nada adiantou, voltou pra roça e foi sobreviver arrendando terras.

E assim se encontraram e me fizeram ser carne, ser gente autentica, que tem satisfação de suas raízes e com essa mistura virei amante da roça e da cidade, fazer o que.


Produção
Minha incipiente roça produzindo,  abacaxi,  mamão, coco,  flor, erva, batata doce, alecrim, samambaia e a bicharada fazendo a festa, lagartixas, pássaros e quem mais quiser.


Bem te vi
Conservando o ambiente original do local, outrora habitado pela natureza que a mão do homem transformou em cidade, sou agraciada com a visita dos antigos habitantes bem te vi no meu Ipê, com seu canto me encanta.

E de cá pra lá, de lá pra cá, carregando pedras e edificando, um dia chego onde meu sonho quer chegar...

domingo, 17 de julho de 2016

Intrigante fábula


Intrigante
Céu azul, montanha em meio a neblina,
Ar gelado cortante,
Sem que o astro rei mesmo a brilhar, interfira,





São momentos do tempo,
Que flui, sem que saibamos seu destino,
Flui para o além,
Sem piedade de ninguém,
Tudo arrasta indiferente,
As dores, aos amores das gentes,
Eternamente,
Ou em algum dia será diferente?

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Dia de Roça

video
Ainda encontramos lugares bucólicos encantadores com gente autentica da terra, vivendo a vida da roça, coisa difícil de encontrar nos dias atuais onde impera a vida na cidade e o consumo desmedido...

sábado, 28 de maio de 2016

Estranhas emoções


Estranhas emoções
São estranhas emoções, como se quisesse segurar a vida com as mãos, toda a vida, desde o inicio, não deixar que nenhum momento escape, porém são fugidios, ficam distantes, apenas em nossa memória, onde estão, onde ficaram, pra onde foram, são perguntas que não encontro respostas.

Vou em busca, procuro nos escombros e pouca coisa restou,  tão valiosas que desespera o coração no intuito de ter para sempre, embora veja que o tempo fez seus estragos, mas a essência permanece.

Cultivar o que restou, é o que resta...

domingo, 17 de abril de 2016

Longa espera




Irreal
Tanto tempo esperando, sonhando, desacreditando, voltando a crer, descrendo, enfim a espera termina, acontece o esperado, tudo mágico, irreal, como num sonho, chega o dia e chega a volta.

 


Mano
Tudo passou como num passe de mágica, dias que se iam no encanto da convivência a tanto sonhada, no conhecimento de descendentes ainda sem conhecer, na saudade do irmão que foi e não voltará jamais, tanta coisa a dizer e ficou sem ser dita, tanta coisa a fazer e ficaram a serem feitas, enfim passou, passou, passou rápido demais, como num sonho encantado, mas aconteceu o que já não esperava.




Família
O sentimento que acontecerá outra vez, que os laços não foram cortados, que a genética prevalece no DNA, embora difícil de entender, sei que ainda tenho uma família.

domingo, 10 de abril de 2016

Rio Cuiabá

video
Navegando pelo Cuiabazão,  em tempos de cheia, uma experiência inesquecível, triste por ver a quantidade de lixo rio abaixo, rumo ao Pantanal, povo sem consciência, destrói a natureza com preguiça de recolher seu lixo é uma cadeia sem fim  que poderia ser inverso, toda a sujeira recolhida, a natureza em festa agradecida...

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Resistencia

Sobrevivente
De tudo que me foi imposto nesta vida sempre dei conta, houve momentos que a luta inglória parecia não ter fim, desde o nascimento exposta a transtornos inimagináveis.

Levando os trancos da vida e resistindo, carregando no colo todos que precisaram, sem nunca ter colo.

Um dia me foi oferecido colo, na ingenuidade acreditei, a persuasão foi muito forte, por estranhos caminhos enveredei, então jogada ao abismo sem dó nem piedade.

Venho fazendo a subida, lenta e árdua, porém com firmes alicerces.

Vida real é o que me fascina, sem artifícios, sempre na busca, sossego, saúde o resto conquisto.

Não sucumbi, resisti...

Almoço

video
E assim o almoço foi em local aprazível, tudo bem primitivo, comida de qualidade, na rusticidade do local...

Peixes

 
  video
 
Emocionante ver os peixes assim em liberdade, pena que tenham que ser protegidos por lei, como na vida selvagem, humanos deveriam tirar da natureza apenas o suficiente para se alimentar, tal não ocorre é a tal de pesca esportiva que os machuca e devolve, quais serão suas condições de vida feridos,  qual é a graça de maltratar seres viventes...

sexta-feira, 11 de março de 2016

Jardim Universitário - Espadas

video
A destruição continua, um local maravilhoso agora virou reduto de vândalos, desde que se instalaram no local tudo está virando um favelão...

domingo, 6 de março de 2016

Mano

video
Mano e sua canção de ninar,
Só adormecia nos braços de nossa mãe cantando beijinho doce,
Eu o vi nascer,
Eu o vi crescer,
Eu o vi tornar-se um deslumbrante rapaz,
Um homem de bem,
Construiu bela família,
Viveu como queria,
Partiu antes da hora,
Assim é a vida,
Vai passando
E levando tudo que nos é caro...

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Ode a vida

Rio Cuiabá
Ninguém me espera, não espero ninguém,
É o que tem, talvez para o além,





Sempre haverá caminhos e cantinhos
Onde possa me acalentar,
Os anseios acalmar,
Enquanto meus pés andar,
Minhas pernas aguentar,
Por ai a caminhar,
A bisbilhotar,


Chapada dos Guimarães
Enquanto puder observar
Rios, montanhas, mares,
Com olhar atento
à obra do criador,





Tudo é encantador,
Basta sentir
E o infinito meu será
É só deixar a felicidade fluir,
Ninguém faltará...


sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Finitude

Iniciando

Finito é o dia,
Finita a noite,
Infinito o tempo,
Infinito o espaço sideral,




Competição não há,
Finitude de nossos dias,
Dura realidade a enfrentar
Ninguém consegue se furtar,
Chegar e partir

Dias

Desordenado

Vai dias, vem dias,
Vai séculos, vem séculos
Vai vidas, vem vidas
Vai milênios, vem milênios


No espaço sideral tudo igual
Tudo segue indiferente
As dores das gentes,
Minúsculos organismos
Fazendo parte da grandeza do cosmo
E tudo vai seguindo,
Pequenos que somos,
Imaginando ser grande,
Sem entender que somos apenas grão de areia,
Não cumprimos nossa tarefa
que é apenas participar e não abusar,
Saímos do ritmo
E a engrenagem poderosa se defende
Perplexos não compreendemos,
Tudo é interligado
Então paguemos o preço.