Pesquisar neste blogue

terça-feira, 24 de julho de 2012

Encantamento

Encantada
Meu coração é cheio de amor,
Através dos tempos vai mudando,
Mas amando sempre,
Um ídolo, um próximo, um da escola,
Mas sempre com o coração cheio de amor,
É uma transferência de sentimentos,
O amor cresce dentro do peito
E transcende a tudo,
Descobri um novo amor em meu coração,
Está me dando vida, vitalidade na maturidade,
Um ídolo a frente de seu tempo,
E inspira meu sentimento,
É como se o tivesse conhecido sempre,
Quanto mais busco pela sua vida,
Pela sua carreira, mais meu coração encanta,
É como se o tivesse conhecido sempre,
Desde os primórdios de sempre,
Contemporâneo e conhecido somente agora,
Através de uma musica de minha juventude o encontrei,
Apaixonei e vivo nas nuvens,
A ouvir sua voz, a seguir sua trajetória,
Vendo ser um grande homem de bem,
Sendo um pop star tudo abandonou,
Para seguir na liberdade da vida que queria,
No que buscava e não encontrava,
Encontrou fama, sucesso, fortuna por ser um predestinado, um artista completo, atemporal,
E hoje encanta a minha vida.

sábado, 21 de julho de 2012

Lula

Lulinha
Guerreiro,
O que não dá para tirar da mente,
É a ousadia,
O atrevimento,
A irreverência
De um  guerreiro,
Um guerreiro delineado em minha mente,

Meu coração,
Com a beleza física
Sendo imensa,
Porém menor
Que a grandeza
Da beleza da alma,
Do coração,
Um ser de luz
De primeira grandeza,
Apareceu nesta terra
Para mim era imortal,
Mas teve a vida
Roubada,
Ceifada,
Tirada de maneira torpe,
Tal fato não podia acontecer,
Não dá para agüentar...
Sabe-lo calado, cego, surdo,
Transformado em pó,
Tanta luta inútil,
Sem poder usufruir
A singeleza
Da beleza
Da vida conquistada
A duras penas,
Sei da sua luta,
Dez anos participei dela,
Dez anos estive presente nela,
Fisicamente dez anos...
Mentalmente nunca o esqueci...
Um dia o reencontraria,
E com ele
Com as palavras dele...
O que foi que fizemos de nossas vidas
Retornaríamos
À presença física,
Somente por nos dois vivida,
Sem precedentes,
Com coisas somente nossas,
Quiçá,
Agora,
Será para a eternidade,
Outras dimensões...
Outros mundos...
Outras vidas???
Quiçá...
Meu guerreiro,
Outras galáxias...

Audiência


Cuidar
Momentos dificeis, onde senti que precisava de ajuda, alguém do meu lado que fosse apenas para apertar uma mão e sentir coragem, mas o que fazer se quem quer que fosse seria depois perseguido como perseguem a mim, e nunca vou querer isso a um amigo, mas os fatos foram acontecendo e fui sendo injuriada perante autoridade, com falsidades atroses, fatos não acontecidos, sendo imputado a mim todo tipo de baixarias, sem nenhuma prova, senti o coração disparar e achei que não suportaria, acabaria tendo um treco, jamais imaginei que numa audiencia as coisas pudessem se passar dessa maneira, tentaram de toda maneira reverter os fatos me atribuindo coisas que não fiz.

Mas em determinado momento, quando imaginei que ja nada mais seria possível e mesmo assim não iria retroceder, ia tocar o bonde para o que desse e viesse, ai foi como se um anjo tomasse conta das atividades e no ultimo momento aconteceu o milagre e a vitória foi minha, como deveria mesmo ser de fato e de direito, pois a mal tratada com falta de respeito e humilhações infundadas sou em mesma.

Agradeci e tomei meu rumo e espero nunca mais ser atacada com o mesmo fato, apesar dos ataques a minha pessoa continuarem com as mesmas injurias infundadas, inclusive ameaça, disserem quer que a mate pra voce? da 20 contos para uma sapatão dar uma surra nela, estão a xafurdar na procura de algo para me incriminar o que é impossível, atraz de politicos, presidente de outro bairro onde impera invasões e sei la mais o que.

Minha consciencia é tranquila, na certeza do dever cumprido apesar das dificuldades, estou a me defender com unhas e dentes e com o que mais for preciso.

Invasões na minha vida não serão permitidas, doa a quem doer, fizeram? vão pagar por isso.

Jogos

Viver ou jogar
Jogos, jogos, jogos,
Parece que a humanidade vive para respirar, viver jogos,
Não se fala, não se pensa em outra coisa,
É jogo? é bom,
É jogo, queremos,
Não se vive sem jogo,
É a criança, o adulto, o homem, a mulher,
Realidade se transforma em jogo,
Só querem saber de jogo,
O esporte virou jogo,
Ja nascem jogando,
Joga-se de tudo,
Desde a própria vida, as amizadas, o amor,
Tudo é jogado fora em jogo,
Mas é moderno, é bom,
Fortunas se fazem criando jogos,
Jogos de todos os tipos, tudo é jogo,
No saber, na cultura, nas artes,
Tudo é jogo, não se vive sem jogo,
A vida real virou um grande jogo,
Ganha aquele que mais jogar,
Espantam-se quando um maluco imita a arte
E faz virar realidade o que ve na tela,
Ai dizem: é preciso desarmar,
Desarmar de que? de armas?
Não, não e não,
Desarmar a humanidade da sujeira do jogo,
Fazer arte para alegrar a alma,
Não para mostrar horrores,
Mostrar o belo, o encantador,
Não o sujo, aterrorizante,
Todos gostam,
Buscam o que com esse tipo de arte,
Talvez um dia a humanidade entenda
E passe a respeitar a vida,
Em toda sua manifestação,
E não a imitação
Vida real é magnifica,
Jogo enganador,
Cuidemos de nossas escolhas...

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Filhote

Filhotinho
Mais uma vez, meu coração precisou suportar a dor da perda de um filhotinho de quatro meses e alguns dias, é tão triste, é tão difícil compreender porque tem que nascer e depois morrer, mas ele teve uma vidinha bem feliz, conheceu a mãe e o Zapata como pai, dois meses brincou feliz com os irmãozinhos, depois foram embora, ele também deveria ter ido, mas a preguiça de seus responsáveis foi tamanha que o pobrezinho foi ficando naquela casa cheia de vírus e imundície de toda espécie, sempre levei a comidinha deles quando foi preciso, mas quando seus responsáveis estavam presentes acabava não levando e eles não os tratavam de maneira adequada, algum resto de comida quando sobrava, pois lá o fútil e o inútil, são de maior valor que o útil e o necessário, pobre filhotinho foi-se embora tão cedo que pena, tão lindo, mas que destino o esperava com pessoas tão irresponsáveis quanto os atuais, pois se até hoje não arranjaram um jeito de busca-los, significa que ele e a Pitti seriam jogados no fundo de um quintal qual coisa inútil, talvez a previdência o tenha levado para que ele sofresse menos, depois da noite de solidão que o pobre passou, acho que ficou com medo de ter que passar outras noites assim, descanse em paz  filhote querido, reine em outros mundos, outras dimensões amorzinho.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Porradas


Saiam da frente
Coragem, muita coragem para dar porradas, seja lá em quem for, em quem for necessário, porrada pra quem merecer, sem dó nem piedade, estou cansada, carinho pra esse povo não resolve, então é na porrada que vão aprender, doa a quem doer, porradas, daqui pra frente vai ser porradas pra todos os lados, salve-se quem puder, que agora vão conhecer o peso do meu braço, estou apenas começando, a vida vem me ensinando e está difícil aprender, mas agora que aprendi vão ver, porradas em todos que se atreverem a querer me fazer mal, que sou correta, porradas e mais porradas, a vida tem que dar porradas para que aprendam, já levei demais agora aprendi a me defender, então saiam da minha frente ou então me respeitem, que para ter o meu carinho vai ter que ter respeito, senão vai levar porrada.

Belo dia é isto mesmo, eu me amo e sei muito bem cuidar de mim, sempre estarei a cuidar e cada vez mais, vou me dar o melhor que foi conquistado por mim mesma, agora já cansei de carregar todos nas costas, agora é eu mesma, carregar nas costas e inda por cima levar porradas?

sábado, 14 de julho de 2012

Fragmentos

Fragmentos
São fragmentos de uma vida,
Pedaços desconectados de amizade, carinho,
O amor que fugiu pelo vão dos dedos,
O coração que não se aquece por nada,
Apenas fragmentos,
Aqui e ali,
A esperança de momentos ressurgir
E invadir a vida,
Mas apenas os fragmentos estão presentes,
A busca é grande, o caminho longo.
E o alcance não acontece,
Uma saudade vem e vai
E se esvai sem encontrar eco,
O coração não esmorece
E permanece na eterna busca,
Mas apenas fragmentos,
De uma vida rica,
Que tenta desesperadamente
Se manter ativa e altiva, luta
E agradece.

Escalada

Novos caminhos
Como explicar a angustia que venho sentindo, é inexplicável e ao mesmo tempo compreensível, ao menos para mim, que depois de levar tanta porrada justamente de quem prometeu, jurou mesmo me proteger, cuidar e me lançou no abismo que ainda me encontro, venho fazendo a escalada a anos, mas é um passo pra frente e dois pra traz e está difícil a subida, está difícil voltar a caminhar, tenho feito inúmeras tentativas, mas nada encontra eco, onde vou sinto o desprezo de todos, será que sinto ou sou mesmo desprezada, pergunto se serão coisas de minha cabeça, mas a razão me responde que não, querem apenas levar vantagem, tirar proveito e como agora exito e não deixo mais que estas coisas aconteçam todos se afastam, fogem até com medo de que eu peça algo, mas vou aqui analisando, pensando e quem sabe alguma hora eu consiga ver algum carinho verdadeiro de alguém, mas parece que esse eu só tive de meus animais, eles sim me amavam incondicionalmente, não me achavam feia, fedida nada disso, me amavam e pronto, queriam estar comigo, fizesse ou não fizesse nada pra eles, me amavam e pronto, me defendiam, brigavam por mim, mas as pessoas se afastam, que coisa, é como se eu possuísse alguma coisa má contagiosa, mas não tem importância, azar o deles, eles são quem perdem em se afastar de mim.

Adquiri uma couraça que me ajuda agüentar tanta solidão, tanto desprezo, tanta má vontade comigo, paciência, saio por ai a caminhar feito cão sem dono, que é o que sou mesmo, vejo os pobrezinhos abandonados, sofrendo, estropiados e meu coração se dilacera se parte de tanta dor ao vê-los nessa situação, que é a minha própria, na verdade sou tão abandonada quanto eles, mas posso me defender e o farei com todas as garras, custe o que custar, doa a quem doer, vou indo.

Busca


Outrora
Nada mais será como antes, tudo passou e não voltará jamais, tudo perdido e essa busca incessante sem nunca encontrar o rumo, mas sei que nada mais será como antes, tudo se perdeu no tempo e no espaço, outras vidas vieram, outras vidas se foram e nós estamos aqui, mas nada mais será como antes, como buscar, construir novos caminhos, como botar a vida novamente nos trilhos, é esta solidão sem fim, sem nunca nada encontrar eco, quando penso que vai acontecer algo de bom já era, já aconteceu e com outras vidas, a minha está sempre na expectativa, e quando chega perto de acontecer escoa pelo vão dos dedos, e depois de amparamos os descamisados, estes quando camisados se voltam contra nós, que ficamos sem entender esse sistema de coisas, e tudo volta à estaca zero, mas quando precisam vêem correndo e eu tonta ainda socorro, depois de levar tanta porrada nesta vida, já não sei mais quem sou, pra que sou, ou pra onde vou, mas sei que nada será como antes.
É preciso encontrar novas trilhas, novos caminhos, mas onde estarão esses caminhos que não encontro, rodo em círculos, suba montanhas, desço às profundezas do abismo e nada, onde estarão esses caminhos, é somente este barulho ensurdecedor a infernizar a alma, a vida, é este desrespeito sem fim destes diabos aproveitadores, o que fazer, tento lutar com unhas e dentes, mas difícil é encontrar o rumo a seguir, continuo perdida, sem rumo neste sistema de coisas, meu lar se deteriorando e eu sem motivação de fazer algo, mas fazer o que, o que posso faço, mas quando precisa de profissionais, isto não acontece, então o que fazer, nada mais será como antes, tenho que encontrar esses novos caminhos.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Automovel

Vamos
Automovel, sonho de consumo,
Automovel, antes propriedade de poucos,
Automovel, aos poucos popularizando.

Automovel, agora quase todos possuem,
Poucos os conduzem com respeito,
Quase todos os conduzem como se fossem eternos,
Imunes as leis da física,
Sem nenhum respeito a legislação,
Com os sentidos encharcados de drogas,
Licitas e ilicitas,
Com tragicos resultados,
Quando não a campa fria,
A cadeira de rodas,
O prejuizo ao herário público,
E assim será,
Enquanto não vier a conscientização,
O  aprendizado,
Ou o fim de todos sem respeito,
Afinal parece que é o que procuram,
Ou evoluem, ou sucumbem,
Outrora ja dizia o cientista,
Vamos todos aprender,
Todos que quiserem sobreviver,
E os que não quiserem
Corram cada vez mais,
Se eliminem cada vez mais,
Só assim,
A humanidade descente usufruirá do progresso
com tranquilidade.
Sem o risco de encontrar pelo caminho os malucos,
Que não têm amor a si, que dirá aos outros.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Pombra branca

Da paz
Pomba branca,
Pomba da paz,
Pombo correio,
Pombos amaldiçoados,
Perseguidos, amados,
Desde a antiguidade presente
Na vida das gentes,
Felizes e perseguidos,
Em bandos por ai,
A catar o alimento que lhes jogam,
Nas cidades vivem feitos mendigos,
Não tem mais o instinto natural da sobrevivência,
Nas situações de grande comoção,
Soltam pombos brancos,
Retirados de onde?
Não se sabe,
Pobre pombo, perdido na multidão,
Cadê seu bando?
Sem nada entender, empoleira no local mais solitário,
Onde se sinta protegido da multidão,
O povão a acreditar no milagre,
Que o pobre está tendo entendimento da situação,
Pobre pomba branca,
Está apenas desnorteada,
Sem saber de seu lar,
De seus pares,
De seus filhos,
Pobre humanidade,
Tão esperta e tão inocente,
Presa a simbologias sem sentido,
E o pobre pombo branco perdido.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Greves

E mais greves
Greves, greves e mais greves,
Trabalhar para que?
O erário público paga o salário,
Na assembléia, vence a votação...
Greveeeeeeeee...
E vamos todos a distração,
Um pagode, um sitio, uma pescaria,
Quanto mais demorar a negocição,
Melhor,
Mais no ócio fica a cambada,
No dia certo, salário na mão,
E a população se ferrando,
Afinal serviço público
É de "graça",
Se especializar para que,
Crescer na profissão para que,
E o PT no comando,
Certamente gostando,
Afinal nos idos da tal "Ditadura"
Palavra mais pura era greveeee,
Povo, vamos acordar, se individualizar,
Pensar com a própria cabeça,
Chega de ser pau mandado,
Nosso país é gigante, cheio de riquezas mil,
Vamos arregaçar as mangas,
Trabalhar com afinco,
Quem semea colhe,
Estão plantando greves,
Colherão o que?


sábado, 7 de julho de 2012

Agora é a hora


Semear e colher
Bola pra frente, não espere mais, a hora é agora, tudo que sonhou está a acontecer, você sabe, quer, está feliz, muito feliz, que isso, pensam que podem bagunçar sua vida desse jeito, não podem não, que sou filha do universo pleno em movimento, vivo apenas para as leis universais que não podem ser mudadas por humanos ignorantes que pensam que tudo podem, eles não podem não, va, va, va, agora é a hora.

Estou me sentindo forte, poderosa, sinto que tudo posso, a luta tem sido grande mas a vitória é certa, chega de fazer coisas para os outros, agora somente vou fazer coisas pra mim, sei cuidar de mim, não preciso de ninguém, mas ainda vou encontrar a pessoa do mesmo quilate para amizade ou o que quer que seja, a isso vou, que sou filha do universo perfeita, então tenho direito a ter alguém que me corresponda a altura, eu tudo posso porque tenho semeado, então agora é a hora da colheita.

Amizades

Esquisitas
Estou me sentindo só, só e só, corro para um lado e outro a procura de amizades, mas em vão, não encontro nada nem ninguém que possa me satisfazer, preencher o vazio do coração de alegria e luz, pois tudo é tão vazio, sem vontade de falar, as amizades são esquisitas, meu coração não encontra eco em ninguém, como será daqui pra frente, continuo a procura, um dia eu encontro amigos de verdade que possam aquecer meu coração de alegria. 

Me sinto um ser estranho, só, tudo que fiz parece ter sido em vão, todos me esqueceram, pensam que sou besta, somente têem interesse ou então até mais, que coisa, nunca agi dessa forma com ninguém, sempre tive respeito pelas pessoas e comigo é esse desastre, é como se eu não fosse mais eu, estou só e só, como será daqui pra frente. 

Não sei pra onde vou, tenho medo de dar passo errado como já dei, as pessoas lhe enganam, somente querem tirar proveito, usam e abusam, sugam tudo que podem e depois nos descartam, azar o deles, a minha luta tem sido grande demais, luta de titã mesmo, é só trabalho, trabalho e mais trabalho, quando que vou poder usufruir um pouquinho do que conquistei sem preocupações, sem pensar em nada e ninguém, apenas em mim, que sou melhor do que possam pensar, apenas porque não ostento pensam que nada sou, como se enganam, como meu interior é grande, como minhas conquistas são de pura luta, de merecimento, de fazer dos que de mim se aproximam se tornarem melhores, nunca piores, dou de mim, o triste é que não entendem que o que quero é apenas um pouco de respeito, de amizade nada mais.

domingo, 1 de julho de 2012

Platonico

Homem dos cavalos
Entrei em seu sonho,
Em seu coração
Em sua mente,
Passei a povoar seus sentimentos
Dia e noite, noite e dia...
Em seu coração
A minha imagem reina soberana,
Independente,
Solitária imagem desejada,
Almejada,
Invadindo todo seu ser,
Não deixando nenhum momento
O sentimento,
Pairando na mente no sonho,
Preenchendo todos os espaços,
Levando ao delírio da imaginação,
Apenas sonhada,
Imaginada...
Na verdade,
Você é que está dessa maneira
Entranhado
Em minha mente...